Após a pífia partida contra o Cambé – mesmo tendo os 25 primeiros minutos de um bom futebol – e resultado aquém do esperado, o Arapongas Esporte Clube obteve apenas seu segundo ponto na competição em nove disputados.

Alvo de insatisfação por grande parte da torcida – até pelos que o aplaudiram antes do jogo contra o Cambé – o técnico Itamar Bernardes balança fortemente no cargo. Para muitos, substituições erradas nos dois últimos jogos e a falta de comprometimento para com o elenco e a cidade de Arapongas, mesmo já tendo jogado no clube nos anos 90, é um dos fatores que levam o time a ter tal apatia em campo. Outra situação que complica a situação do técnico é que ele vai direto ao parceiro do time quando precisa de algo, não passando situações que necessitem de atenção pela gerência de futebol e também pelo presidente do clube.

Após o empate contra o Cambé, a diretoria do Arapongas optou pela troca de comando técnico, mas o parceiro do clube que contratou o técnico Itamar Bernardes bancou a permanência do mesmo, pelo menos até o jogo contra o Grêmio Maringá, que será neste Sábado às 19h00m no Estádio Regional Willie Davids. Em caso de derrota – ou até um empate frente ao vice líder – fará com que o Arapongas precise de um milagre para conseguir a vaga entre os quatro melhores. Situação difícil, mas não impossível.

De fato, o técnico araponguense foi contratado meses antes da competição iniciar pelo parceiro do clube e também vereador do município Osvaldo Alves, ou Osvaldinho. Pela presidência, outros nomes seriam estudados e contratados, mas antes de chegarem num consenso – diretoria, presidência e parceiros –  (vale lembrar que até fizemos uma enquete sobre isso) – o técnico Itamar já estava contratado, assim como a grande maioria dos jogadores que foram escolhidos a dedo pelo treinador araponguense.

Com o técnico sob pressão, jogadores rendendo aquém do esperado, o Arapongas jogará em Maringá sob grande expectativa, na qual espera-se que de fato os atletas consigam jogar seu melhor futebol – E TODOS OS ATLETAS têm capacidade para tal. Em caso de vitória, tanto o treinador quanto o Arapongas Esporte Clube terão sobrevida na competição.

 

 

Comentários do Facebook:

comentários