Segundo a súmula do árbitro Cid Antonio dos Santos após a partida entre Arapongas Esporte Clube e Clube Atlético Cambé disputada no último Domingo, “Aos 41′ do 2ºT o AA1 Claiton da Silva me relatou que foi atingido por uma pedra em sua perna direita atrás de seu joelho, onde a mesma foi arremessada pela torcida do Arapongas EC. Até o momento não foi identificado quem a arremessou.

Em suma, o assistente Claiton da Silva, natural de Apucarana, relatou ao árbitro que recebeu uma pedrada em sua perna, o que poderá ocasionar sanções ao Arapongas Esporte Clube no decorrer da competição.

Contudo, tanto nós do Arapongão.NET, quando grande parte da torcida na qual conversamos e também a diretoria araponguense não vimos absolutamente nada de “pedras arremessadas para dentro de campo”. Ainda durante o jogo, o quarto árbitro relatou aos diretores do Arapongas do risco de tal fato. A diretoria araponguense pediu ao comando da Polícia Militar se dirigir ao local e foi prontamente atendida pelo excelente policiamento no estádio dos Pássaros, mas tudo isso ocorreu antes do relato do assistente Claiton da Silva.

De fato, a pessoa que jogou a pedra na perna no assistente apucaranense como relatado ao árbitro, passou despercebido por quase todas as pessoas que lá estiveram acompanhando ao jogo.

Resta agora aguardarmos o que acontecerá com o clube junto ao TJD-PR.

 

Comentários do Facebook:

comentários